quarta-feira, novembro 01, 2006

Sem a minha mala...

O que é uma pessoa sem os seus pertences...


Um dia destes fui almoçar (bem eram 17h não sei se se pode chamar almoço...). Pedi uma das maravilhosas sandes da city sandwich. Aquilo são mesmo sandes gourmet! E como qualquer comida minimamente decente demoram a serem feitas! Pedi uma de Beringelas panadas com pasta de tomate e mozzarela... (ando um bocadito fixada às beringelas...).
.


Como ia comer num instante, e era só atravessar a rua, tinha metido o dinheiro ao bolso e saí!
Não tinha a minha mala comigo (aqui apresenta-se um modelo muito semelhante à minha - este deve ser o deste ano...)! Ou seja, não tinha telemovel, caderno, agenda, etc, etc...
E lá fiquei à espera do meu maravilhoso almoço. É que o raio das sandes são mesmo boas!!!! Sentada na mesa, a olhar para o ar, sem nada para me entreter. Não posso mandar umas sms, ou fazer um telefonema, nem escrever qualquer coisa, nem consultar a agenda dos próximos dias... e a pensar: que falta me faz a minha mala!!!!!

10 comentários:

jj disse...

Ehehehehe, qualquer mulher gosta de malas (vem lá bem dentro do cromossoma X ;)e essas sandes, meu Deus que delícia! Quem me dera estar aí...(entendo o senhor quando diz que a americanização da Europa é um problema, mas a americanização da América (i.e. o fast-food daqui) também!!! Pelo menos para mim. Jinhos.

mfc disse...

Estamos tão tecnologicamente dependentes que nem conseguimos abstrair para saborear um momento que nos está a saber tão bem!!

Anónimo disse...

Pois eu acho que temos sempre uma saída. As minhas passam regalmente por recitar - desde os Lusíadas ao terço. Ou então começo a olhar para as pessoas e imagino as conversas que teríamos, os hobbies que me sugerem, ou imagino os ângulos de eventuais fotografias. Gosto especialmente de medir a luz. De ver os rendilhados de luz nos rostos. e já se entretiveram alguma vez a comparar narizes?Divertidíssimo. Com mala ou sem ela.

mac

... disse...

Ora ai está...nós homens, como especie evoluida que somos, resolvemos esse problema!
Passa tudo por uma questão de "higiene"....lol Lavamos a vista!rsrsr
bjocas

Lídia disse...

Tal não me acontece tantas vezes como deveria... mas quando estou de mão vazias observo as outras pessoas e imagino as suas vidas... Perverso? Não! É sonhar acordada e sabe tão bem :)

Enfim... disse...

é a minha parceira tb não passo sem ela. lá tenho de td um pouco lol.Bjs

GK disse...

Sei TÃO bem o que isso é!!!
Eu preciso sempre de um escudo contra a solidão. E, quando não é a solidão que nessas situações se apodera de mim, é a sensação de perda de tempo! Podem-se fazer tantas coisas nesses bocadinhos de espera! Esperar só e sozinha é que me mata!!! :)

Bj.

dulce disse...

Já fui cuscar as sandwiches e o local, nos links que deixaste e já me abriu o apetite! E com opções vegetarianas !!!
Quanto à falta da mala, só te restava mesmo ... era esperar pelas ditas sandwiches!
Beijocas

lima disse...

e a mim, faltaria o cigarrito. vício malvado!

vinte e dois disse...

O telemóvel... eu sinto-me despido sem o meu telemóvel. Não sei onde pôr as mãos, falta-me alguma coisa para mexer, é simplesmente incrível! :)