quarta-feira, novembro 30, 2016

Clarisse Lispector

Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.

1 comentário:

AC disse...

Esta é muito profunda, Boop. Gostei.