sexta-feira, novembro 25, 2005

O olhar

Hoje falava do olhar...
Há olhos que não esqueço!
Cada olhar com as suas particularidades...
(pestanas compridas, ruguinhas lindas, cores várias)
E lembrei-me dos Madredeus

Olha para mim
Nos olhos
Agora

Olha para mim
Sereno
olhar

Anda ver aqui
Nos olhos
O mar

Olha para mim
Com o teu
Olhar

Vem partir na sensação
De que vamos viajar
Só nós dois na ilusão
De tanto amar
Vem daí com a tua mão
Que eu quero acarinhar
Vem contar-me essa visão
Do teu olhar

1 comentário:

francisco disse...

... já ouvi dizer que os olhos são o espelho da alma! e os teus são lindos...estou a gostar de ler sobre coisas tão profundas, cheias de sentimento! abraço