segunda-feira, outubro 23, 2006

Da minha janela...

...vejo o mar...


Vou ter saudades deste olhar desafogado quando mudar de casa...

Quando tirei esta foto estava sentada nas escadas, a olhar lá para fora, deu-me a ilusão que não havia mais nada entre mim e o mar... que os barcos que aqui encontram o mar saindo do Tejo estavam mesmo ali, ao alcançe de um "click".

Vou mesmo ter saudades deste olhar desafogado...

23 comentários:

Os 3 porquinhos disse...

Eu não me imagino a viver longe de Lisboa, o que seria de mim sem a baixa pombalina, os barcos no tejo e as noites em Santos?!

AS

jj disse...

"Olhar desafogado"... que expressão bonita!!! Concordo em absoluto: o olhar ganha toda uma outra dimensão quando é "desafogado", quando não há obstáculos entre o observador e o que capta a sua atenção. :) Jinhos e obrigada pela visita.

vinte e dois disse...

Cada um sente-se bem onde tem amarras. Não me conseguiria imaginar viver em Lisboa, por exemplo. Adoro demasiado a tranquilidade da minha região :)

Ines disse...

Vou mudar para dentro de Lisboa...
Mas vou perder o mar...
Gosto de percorrer a marginal, de perceber o "humor" do mar, especialmente nestes dias em que o inverno começa a chegar e o mar se torna revolto...

Mas os 45mn todas as manhãs só para chegar à "fronteira" de Lisboa...

mfc disse...

Percebo bem porque mudas, mas perder esse desafogo(que palavra mais bem empregue) dói mesmo!

della-porther disse...

obrigada por sua visita ao Cidade
volte sempre

aqui voltarei

e adorei a "betty"

beijos

della-porther

stela disse...

e é de ter! Que vista linda! Tens mesmo de mudar :-)?
beijos

Anónimo disse...

invejável vista!

vais mesmo ter saudades!!!

anjoedemonio disse...

como eu te entendo!

de minha casa tenho uma vista invejável, do mar!

no dia em que a perder vou sentir falta concerteza!!!

:)))

Belzebu disse...

Posso imaginar o que estás a sentir! A possibilidade de conviver com o mar diáriamente é uma sensação unica! Mas, e há sempre um mas, por vezes a vida das grandes cidades obriga-nos a alterar os nossos hábitos! De qualquer forma o mar está sempre ali á distancia de um click!

Saudações infernais!

tulipa_negra disse...

que maravilha!!! um dia, quando for grande, também hei-de ter essa vista da minha janela... eu vivo dentro de Lisboa... queres trocar? ;-)

Enfim... disse...

e quem não teria???a imagem esta espectacular tem que se lhe diga...Bjs

13 disse...

Estamos bem onde podemos ser autênticos... A isso chama-se lar!

lima disse...

e tens razão em ter saudades.
uma vista invejável!

As cores da vida disse...

Até eu já tenho saudades...! :-))

Spells disse...

Para isso serve a memória... para levar os bons momentos, não tens necessáriamente de os deixar.... Acho que me compreendes! Beijinho grande!

nc

Eu disse...

leva um bocado num copo (era o q Eu faria)

dulce disse...

Uma casa com vista para o mar ... que melhor acordar senão este? que belo lugar para ver a noite cair!
Beijos

GK disse...

É de sentir falta, de facto!
Ainda bem que ainda aprecias essa vista. Normalmente deixamos de dar valor áquilo que se torna banal (como a vista da nossa janela)...

Bj.

pensamentos_vagabundos disse...

da minha janela tambem vejo o mar:)e não conseguiria passar sem ele,sem o nevoeiro,sem o farol....
beijo vagabundo

ni disse...

e tens toda a razão, uma vista dessas é mmo fantástica! mas terás outras compensações, concerteza...
;o)

beijos e abraços

nita disse...

óh prima, o comentário que lá deixaste também me deixou quase a chorar....hás-de ter uma filha linda( que já o é...), com um mundo espectacular só dela, que te saberá abrir da melhor maneira....quando fores grande! até lá....cresce com ela!

sabes?, acho que, quando mudamos (apesar de nunca ter mudado de casa) não mudamos realmente...

**nita

Lena disse...

E não te esqueças: o Mar está onde o Homem quiser!Bjs