segunda-feira, novembro 27, 2006

Repetindo

Escrevi isto aqui no blog em Dezembro do ano passado!
Hoje tive de pensar nisto outra vez!
"Hoje aprendi - mais uma vez (há coisas que temos de aprender muitas vezes...) - que é preciso deixar espaço para a ausência, para a falta, e que só assim há espaço para o desejo..."

14 comentários:

marta r disse...

E és bem capaz de ter razão...

Eu disse...

isso vai depender do tamanho do desejo; de qq forma, o melhor é mandar a ausência para o espaço e dar oportunidade para o desejo se espreguiçar à vontade

(Eu hoje estou assim: espaçante e quase ausente)

lima disse...

tá bem :)

ccc disse...

E depois da ausência há muitas vezes o reencontro :)

anjoedemonio disse...

se tu o dizes...

boa semana!**:)))

Francis disse...

ena, que essa foi profunda.

Fatyly disse...

Bem pensado!

psique disse...

é isso mesmo... estas certa

Rafeiro Perfumado disse...

Pela segunda e última vez este ano, fui desafiado para uma cena qualquer. Quis partilhar a minha imensa alegria contigo e como tal decidi passar-te o testemunho. Vai agora, e espalha a palavra do Rafeiro pela blogosfera!

PS: este texto não é só para ti. Vou fazer o belo do COPY-PASTE para os outros desafiados ou não me deitava hoje...

Um grande RAUF para ti!

Lídia disse...

E depois o desejo é maior... Vale a pena passar por esse processo, às vezes tão doloroso?

Marco Ferreira disse...

Descobri isso à uns anos atrás quando na altura deixei a minha namorada, hoje minha mulher.

Só quando não temos é que damos valor ao que tinhamos.

mfc disse...

Tens toda a razão.
É preciso dar o tempo para que as coisas se refaçam por si.

Noite disse...

Ou esvaziamos a casa para entrar mais gente, ou a ampliamos para que possamos continuar a apreender.

Xico Rocha disse...

A isto chamamos RENOVAÇÃO.
Xico Rocha