quarta-feira, janeiro 10, 2007

Fiódor

Voltei a Dostoiévski! Este livro foi comprado há dias no Corte Inglês.


A verdade é que tinha muito pouco dinheiro... não podia "consumir" - o que eu não acho nada mau! - e pude pensar nas tantas vezes que tenho tempos desocupados, pouco ou mal aproveitados e que penso: se ao menos tivesse um livro para ler! Nem que fosse para pensar como Pessoa "Que bom ter um livro para ler e não o fazer..."


A minha escolha foi esta: Coração Fraco e outras histórias, de Fiódor Dostoiévski - uma colectânea de contos e novelas. São histórias curtas que encaixam muito bem nestes meus tempos desocupados!


E venha o Dostoiévski!

9 comentários:

anjoedemonio disse...

vim dizer...olá!!!!!

stela disse...

Dele só li o "Humilhados e Ofendidos" que guardo como se de uma reliquia se tratasse! :)
Ter um livro à mão dá sempre jeito!
beijos

Lídia disse...

Coração fraco... interessante! Boas leituras nos teus momentos calmos.
Chegaste a ler o livro da Isabel Allende?

ccc disse...

Os livros de contos, são óptimos para andar sempre connosco, na mala!
Assim quando de repentes estamos com momentos de espera, sem nada que fazer ... agarramos no livro e ...

Esta é uma boa escolha!

Lúcia disse...

olha... passou-se! cadê o que escrevi?????????

mfc disse...

Quando for assim... sai coma máquina fotográfica a e vais ver que constróis algo de muito bonito... experimenta!

Fatyly disse...

Não conheço, mas anotei!

mixtu disse...

desocupados... e porquê?

besitos

José António disse...

Essa frase do pessoa revela um conhecimento profundo. Hoje estamos muito distantes disso. A sociedade de consumo, embora permita mais conforto, tem esse lado enganador de nos fazer acreditar que o importante é ter a coisa. Na verdade o mais interessante é o movimento que nos faz querer ter a coisa.