terça-feira, março 13, 2007

Moda das tranças pretas

Houve um tempo, que parece há tanto tempo, que uns amigos meus me cantavam este fado... era sempre com um sorriso rasgado que os ouvia!
Porque raio me fui lembrar disto agora!?!
Mas é bom lembrar amigos que não se vê há muito!
(e tranças que não se tem há muito...)


Moda das tranças Pretas

Como era linda com seu ar namoradeiro
'Té lhe chamavam 'menina das tranças pretas',
Pelo Chiado passeava o dia inteiro,
Apregoando raminhos de violetas.


E as raparigas d'alta roda que passavam
Ficavam tristes a pensar no seu cabelo,
Quando ela olhava, com vergonha, disfarçavam
E pouco a pouco todas deixaram crescê-lo.

Passaram dias e as meninas do Chiado
Usavam tranças enfeitadas com violetas,
Todas gostavam do seu novo penteado,
E assim nasceu a moda das tranças pretas.

Da violeteira já ninguém hoje tem esperanças,
Deixou saudades, foi-se embora e à tardinha
Está o Chiado carregado de mil tranças
Mas tranças pretas ninguém tem como ela as tinha

19 comentários:

psique disse...

é bonita a letra e a misica...

Rafeiro Perfumado disse...

Atão, jove, estamos numa de saudosismo? QUe lagrimazita marota é essa no canto do olho?

Marco Ferreira disse...

É sempre bom relembrar os velhos tempos e as amizades antigas e duradoras.

marinheiroaguadoce a navegar

silvinha disse...

Éste é um dos fados que mais gosto! Até tento cantar mas acho que não tenho lá muito jeito, nem as minhas tranças acalmam o pessoal que me ouve :P

Fatyly disse...

Como é bom recordar amigos que nos deixaram marcas tão gratificantes. Mas tal como as ondas do mar...vão e veem!
Esse fado tocava constantemente nas radios de Angola a pedido dos militares para as suas "tranças pretas"!

Beijos

mixtu disse...

não conheço... mas em contrapartida conheço o

resineiro é casado, é casado e tem mulher... um dia hei-de ir à terra dele, se ele me quiser lá levar,

ah,

e conheço:
indo eu, indo eu...

ou então sonhei com estas músicas mas não me lembro exacatamente como foi, talvez não tenha solnhado, se sonhasse estava estoirado de tanto dançar

jajajaja

mfc disse...

Era uma moda bem gira!

vinte e dois disse...

Há músicas que nos voltam assim à memória muitas vezes sem sabermos porquê. Mas não sabe bem recordar? ;)

DelfimPeixoto disse...

pois... já está tudo dito...
jnhs

Custódia C.C. disse...

Adorei a imagem!

Aragana disse...

Um dos meus fados favoritos!

Até queria mesmo deixar crescer o cabelo, v~e só!

Depois passou-me...

dulce disse...

Nem sei como guardo isto na memória, mas acabei de trautear o fado inteirinho. :-)
Já foi há bué da time !!!! :-))

Luis Pestana disse...

A imagem é excelente

croqui disse...

muito gira a letra!

gostava de ter conhecido essa menina!

jokitas!

stela disse...

que memória me trouxeste :))
gosto dessa música!
beijinhos

Morsa disse...

É o único fado que se canta cá em casa! Qualquer um dos três humanos que o gato ainda não dá pra tanto!

Mas só a primeira quadra pra nãe estragar demais! ;)

Bom post

Beijinhos e bom fim de semana!

Enfim... disse...

adoro tranças e por sinal pretas lol.bjokas

José António disse...

Tchiii! Tinha isto no baú das coisas que pensava que tinha esquecido. Gostava mesmo de o ouvir. Vou ver se consigo.

Lídia disse...

Cantei esta música muitas vezes para ti... bj