segunda-feira, abril 09, 2007

Na linha de Cascais

Hoje...
...fui deixar o carro na revisão, em pleno coração de Lisboa, e regressei de transportes para casa (coisa que não fazia há +/- 5 anos). Demorei cerca de 1 hora.
No comboio, que apanhei às 10h00 (demorei, de metro, 25mn a chegar ao Cais do Sodré!!!) deixei-me ficar a observar. Embora o movimento hoje fosse fraco, por estarmos na 2ª depois da Páscoa e com muita gente sem ir trabalhar, as pessoas que saiam de Lisboa eram muito menos do que as que entravam. O comboio foi-se enchendo pouco a pouco de pessoas... em férias!!!! De repente dei por mim rodeada de sonoridades diferentes, idiomas desconhecidos - turistas em férias! Gentes que observavam pela primeira vez as "vistas" para mim já gastas... Não faltavam as máquinas fotográficas, claro! (lá fiquei eu como uma nativa portuguesa a ser recordada num album de féras de uma qualquer familia italiana!)
Tentei olhar pela janela com esse olhar, de turista. E não é que me destraí com o rio e deixei passar os Jerónimos?!?!? Mas o meu registo foi de desencanto. Lisboa podia estar mais bonita, Oeiras também! Ou terei sido eu que hoje não consegui ver coisas bonitas?!?!
Valeu o relembrar como se vive de transportes publicos. Há uma Lisboa que só se vê assim! Com as suas gentes, os seus hábitos, os seus ritmos! Mesmo que este seja um atipico dia de semi férias de Páscoa!

17 comentários:

Lídia disse...

Já não faço esse percurso em transportes públicos há muito tempo... até tenho vergonha de o dizer.... 7 ou 8 anos. Eu continuo a achar a marginal linda!

Fatyly disse...

Trabalhei sempre no coração de Lisboa e na hora de almoço percorria zonas como Alfama, Mouraria, Bairro Alto, etc, etc, tendo uma ideia aprofundada de zonas típicas da cidade.
Sempre fui e vim de comboio. Lembro-me da beleza, volto a dizer BELEZA das estações tão floridas e limpinhas.
Ao fim do dia ia de comboio até ao Estoril e apanhava a camioneta até aqui.
A paisagem do rio e a zona envolvente ainda hoje é muito bonita, excepto os antros semi-destruidos que proliferam pela 24 de Julho!
Digo e subscrevo o que dizes, acrescentando algo mais:
"Lisboa e arredores podiam estar muito mais bonitos" e não transformados em enormes queijos com tantos buracos e cheia de bolor (sugidade), porque de facto há lugares onde reina o cheiro nauseabundo do que todos sabemos!

Beijocas

Francis disse...

Quando isso me acontece, faço o percurso de comboio, Santos-Algés-Santos para ir trabalhar, não é a parte mais gira, mas é bonita.

Como sou de infancia em Caxias, liceu em Carcavelos, já morei no Monte Estoril, em Cascais e não consigo deixar de gostar do passeio de comboio.

Deixei de viver na linha há 7 anos, e cada vez gosto mais de Lisboa. Talvez pelo facto de sair de Lisboa para trabalhar e ao contrário do transito, mas ao fim de semana, vive-se bem em Lisboa.

mixtu disse...

atão, que era pastor..., foste ao norte e já lisboa não parece tan bonita...
yayayay

abrazo

Lúcia disse...

já não me lembro de andar em transportes públicos...
hei-de experimentar, um dia destes, o Metro do Porto, pelo menos nas linhas de superfície.
mas arrepio-me só de pensar em enchentes...

Custódia C.C. disse...

Como moro em Carcavelos e trabalho na Cruz Quebrada, quando vou à cidade é uma fest. Também vou sempre de comboio e às vezes sinto-mesmo uma turista em férias :)

Haddock disse...

é uma enorme diferença, não é?
eu abuso do carro. dá a falsa sensação de que assim se domina melhor o tempo. a paisagem pode até ser a mesma, mas eventualmente desfruta-se de modo diferente. e uma das mais lindas paisagens de lisboa é a que se avista da ponte 25 de abril, que pouco atravesso. mas não resisti, há uns anos, a fazê-lo de combóio/metro, só pela vista... parei na primeira paragem da margem sul para voltar logo de seguida... não sei se estava em férias, mas seguramente não estava com pressa! um abraço.

mfc disse...

Há que "descer"um pouco para sentir-se a cidade!

marta r disse...

Não gosto de trabalhar em Lisboa porque gosto de revê-la na perspectiva de um turista. E isso só acontece quando não somos obrigados a estar com ela todos os dias....

tulipa_negra disse...

concordo com a marta... como tenho de trabalhar (e viver) em Lisboa, não lhe acho tanta piada...

beijocas

Lua disse...

é perfeitamente normal que a cidade de Lisboa não te pareça às vezes tão bonita! Isso aconteçe porque convivemos com ela diariamente e não lhe damos importância a determinados pormenores!

Eu vim de Londres recentemente e quando cheguei lá, estava espantada com todos os monumentos tirava fotos a tudo, porque aquilo era novidade para mim. Até comentei com o meu namorado que será que os Londrinos tb acham esta cidade maravilhosa?

Eu adoro Lisboa, mas tb concordo que ás vezes me parece menos bonita!

Já vi q tiveste uma optima experiência nos transportes publicos:)

beijinhos

Elipse disse...

... e deste contigo a pensar que andas a correr atrás do tempo e não páras para olhar à volta?
Então é porque é verdade!

... um dia paramos porque as pernas já não andam como antes e depois é que percebemos que perdemos o tempo mais precioso!

Raio de vida! (ao menos vale a pena estar de férias...)

Marco Ferreira disse...

Passamos a vida na nossa rotina que nem damos pelas belezas que ele tem.

marinheiroaguadoce a navegar

Haddock disse...

Inês, obrigado pelas visitaS! eu cá faço a contabilidade das esmolas... é uma alegria! e aqueles dois fregueses são um mimo, mesmo!
um abraço!

vinte e dois disse...

Ui! Já não me lembro quando foi a última vez que andei de transportes públicos, mas foi seguramente há mais de 15 anos. Já agora, uma pequena curiosidade, foi num autocarro que conheci a minha ex-mulher ;)

inês disse...

o que vês de comboio não apanha tudo o que tem sido modificado!

Algumas zonas para melhor, outras demasiado, como o numero de rotundas que apanhas agora , e os pilares de bowling, mas isso sabes porque andas de carro!

continuo a gostar muito do percurso da marginal...

Haddock disse...

eu também!
e vim cá para ver se havia novas paisagens...