quarta-feira, maio 02, 2007

Amigos

Um amigo, que eu nem sabia que visitava este meu canto... mandou-me por mail este poema dizendo: "ficava bem no teu blog"
Ora eu também achei!

É tão curioso quando sei que amigos meus passam por aqui, sem deixar rasto... gosto de saber isso (a propósito, não me esqueci que o Tomás faz hoje três anitos!;) )

Acontece-vos o mesmo?

Um abraço apertado aos "Amigos"

"Os Amigos"

Esses estranhos que nós amamos
e nos amam
olhamos para eles e são sempre
adolescentes, assustados e sós
sem nenhum sentido prático
sem grande noção da ameaça ou da renúncia
que sobre a luz incide
descuidados e intensos no seu exagero
de temporalidade pura

Um dia acordamos tristes da sua tristeza
pois o fortuito significado dos campos
explica por outras palavras
aquilo que tornava os olhos incomparáveis

Mas a impressão maior é a da alegria
de uma maneira que nem se consegue
e por isso ténue, misteriosa:
talvez seja assim todo o amor.

José Tolentino Mendonça

14 comentários:

sonhador disse...

Aqui te deixo também o meu abraço.

Acho que até irei "roubar" o poema e enviar aos amigos, via mail.

bjos.

mixtu disse...

os amigos, depois dos copos...
yayaya
fui... oh! amigos, nã bebam tudo... este gajos, qual amigos, qual carapuça...

inês disse...

não estou inspirada para comentar, mas deixo-te um sorriso "amigo"!


e a casa nova, como vai a decor?

Ines disse...

Não há novidades sobre a cas nova por enquanto...

:(

Fatyly disse...

Francamente bonito e enriquecedor!

Faço minhas as tuas palavras num comentário que fizeste "gosto da tua simplicidade...!"

Beijos amigos

babygirl disse...

Adorei...(até fiquei aqui com uma lagrimita!)
Bjs***

P.S.- É bem possível que tu "roube" mas se isso acontecer eu aviso ok?***

mfc disse...

É importante que demos pelos nossos Amigos a tempo!

Haddock disse...

a mim não me acontece porque sou heterónimo... mas não se pega, já está em remissão e tudo!

um abraço?
(não anda por aí o mixtu, pois não?)
então, um abraço anárquico para combinar com o monárquico dele!

Eu disse...

ah pronto! se isto é só para amigos, Eu vou-me já embora...

(ehehehehehe, tb não m apetece mto comentar mas não resisti a ser ruim, o meu passatempo favorito nas horas ocupadas ;)

Pisces Girl disse...

Gostei bastante do poema, é muito bonito... :o)

Beijinhos e um grande xi-coração!

Sónia disse...

Olá! Pois é, eu tb sou das que passa por cá sem deixar rasto! Ainda hoje vinha a pensar nos amigos, e como é bom ter amigos "velhos", que de uma maneira ou outra estiveram sempre presentes na nossa vida! são o nosso maior tesouro! Que sejamos sempre velhas amigas... Obrigada pela menção ao meu Tomás! Bjs

Rafeiro Perfumado disse...

A mim acontece o contrário, são muito raros os amigos "reais" que vão ao meu blog. Avisei-os ao princípio que o tinha criado, mas não ligaram muito. Não se pode ter tudo, né? ;)

Lídia disse...

É bom saber que existem amigos que nos visitam... como que passando a mão pelas nossas cabeças enquanto dormimos. Obrigada pela partilha do poema :)

** sean paul** disse...

Os amigos são sem duvida a melhor coisa k existe!!! :)

E o poema tá muito lindo..

Bj