quarta-feira, setembro 19, 2007

"Feitiço para ter um homem"

A história está cheia de mulheres que vivem sem um homem! Por vontade própria?
Algumas mulheres de coragem, algumas mulheres feias, algumas mulheres soltas, algumas mulheres frágeis, algumas mulheres lindas, algumas mulheres deprimidas, algumas mulheres seguras - em comum - estão sós!

"A noiva" - Gustav Klimt (1918)



Esta é a narrativa de uma mulher sem homem...

Guilhermina vivia num povo ali para os lados de Vilar de Mouros, num tempo onde o lugarejo não se via invadido (e revitalizado) pelos seguidores dessas músicas modernas. Era terra de tradições, e música era ouvida na missa e nos ensaios da banda por alturas da festa do solesticio.

Ora Guilhermina sentia-se preterida. Culpava o nome que recebera de baptismo, herança da bisavó paterna falecida de "enlouquecimento". Matara-se ainda nova ao saber do enamoramento do seu homem pela Maria. Logo a Maria, menina tímida, temente a Deus, mas que nem por isso deixou de lhe levar o homem tendo partido os dois para terras de Espanha.
Chamasse-se ela Maria e talvez tivesse mais sorte.
Ia já nos seus 25 Invernos (tinha nascido numa gelada manhã de Fevereiro - que tinha deixado como marcas a brancura da sua pele, a frieza do seu sorriso, e a secura das suas carnes), e sem amor para contar.
Resolvida a mudar o seu destino procurou o velho bruxo de Caminha. Queria um feitiço para ter um homem! Não dizendo ao que ia partiu determinada!
O que por lá se passou não se sabe.
Mas consta que de lá veio aquecida de algum jeito... pele rosada, sorriso quente e carnes fartas.
Se chegou ao bruxo?
Uma revelação que irá com ela para a tumba.
Tenho para mim que o próprio bruxo lhe resolveu o problema. Mostrou-lhe, lá como sabia, o que um homem dá e o que um homem tira... e devolveu-a à aldeia, com um saquinho de couro pendurado ao pescoço para onde tinha soprado um pouco de esperança.



(não pensem que esta história saiu do nada. Alguém veio ao meu blog, pelas pesquisas do Yahoo, com a instrução "feitiço para ter um homem" - eu bem que tentei perceber como cá tinha vindo parar... mas não consegui. E como não gosto de desiludir os visitantes - arranjei o dito feitiço!)



16 comentários:

mixtu disse...

amiga...
que linda estória...
a menina... encalhada...
e há sempre um homem com um feitiço...

lindo...

feitiço para ter uma mulher, escrevo aqui para tambem virem atrás dessa pesquisa

yayaya

fui, para os copos

1entre1000's disse...

mna boop espectacular adorei!

Haddock disse...

ai que felicidade, o baloiço voltou às histórias!!
boop, prometo que ainda hoje leio!!
(quem vai perder com isto é o pastor...)

(ps: não consigo atinar com "estórias"... conservadorismo linguístico serôdio, bem sei...)

Rui disse...

Fará vossemecê o favor de colocar aqui um feitiço (ou coisa da mesma natureza, mas baptismo diverso) para que eu acerte nas bolas no Euromilhões - queira avisar com antecedência, para eu fazer a aposta.


PS - reflectindo melhor no assunto, peço-lhe que não publique; antes, envie por correio. Obrigado.

Fatyly disse...

A história está fantástica. Parabéns!

Haddock disse...

não é que se escreve maravilhosamente
neste baloiço?? e sempre sob pretextos soltos...
mas entre o abraço de morte e a perda da virtude vigora a solidão própria da serra.
excelente!!
histórias inacabadas que se resolvem por si mesmas.




(isto, mna. boop, é que é uma esmola cheia de graxa, aprende que nós não duramos sempre...)

mfc disse...

Acredita que não fui eu!!
Eu era lá capaz de fazer uma busca dessas!!!!!!

Haddock disse...

...

(mas gostámos imenso!!)

Lúcia disse...

eheheheheh, gostei.

o catalizador funciona. continua.

Dias disse...

:)

Aplaudo sorriso aberto.

Brilhante Boop

Beijo

asdrubal tudo bem disse...

Nada como uma boa sessão de sexo. Estou a brincar gostei da estória.

Marco Ferreira disse...

Muito bem trabalhado. Agora elevas a fasquia ao máximo. Imagina que alguém aqui apareçe vindo com uma frase muito mais esquisita. Vê lá se depois não descalças a bota. (eheheheheh)

marinheiroaguadoce a navegar

Haddock disse...

...

olha que bela ideia!!!
até parece minha...

aceitas discos pedidos, boop?

0.02 disse...

Dizia-se que ela tinha um feitiçozinho lixado, por isso é que nenhum feitio fazia enfeito

inês disse...

hummmm...

e qual foi o feitiço? eu com cara de "santa"!!!!!

sê bem vinda!

A estranha disse...

A tua menina Idalina... :) Eu não sei o que por lá aconteceu, mas espero que ela tenha descoberto o feitiço... o único!

Beijos