segunda-feira, novembro 16, 2009

(sem titulo)



Quando olhaste no fundo dos meus olhos, disseste tanta coisa sem nada dizer. Não sei se consegui ler neles tudo o que me quiseste dizer. Não sei se sabias tudo o que querias dizer a alguém ou a ti própria.
Foi sem palavras que te respondi.
Porque gosto de ti!

(e porque não há palavras para explicar como se chora o que não se teve, e como em cada perda revivemos todas as outras)

8 comentários:

francis disse...

um olhar, mil palavras...

Lídia disse...

... o nosso olhar e o nosso abraço.

SONHADOR disse...

subscrevo o francis.

beijos.

Fatyly disse...

Através do olhar lê-se e pode-se dizer tudo...

Recebe um abraço enorme

Haddock disse...

*

Rafeiro Perfumado disse...

Por isso é que muitas vezes chego a casa com overload de informação. Basta ir com atenção...

Um beijo.

mixtu disse...

não é preciso falar com palavras
um olhar
um gesto
um carinho
dizem tantas cousas...

saberá aempre o queis dizer...

abrazo serrano y europeo

Anna^ disse...

Há olhares que sem dúvida dispensam palavras.