sábado, março 17, 2012

Livros...

Ando a pensar em livros... o que fazer?!?
:)


'Sou como um livro. 
Há quem me interprete pela capa. 
Há quem me ame apenas por ela.
Há quem viaje em mim.
Há quem viaje comigo.
Há quem não me entenda.
Há quem nunca tenha tentado.
Há quem sempre quis ler-me.
Há quem nunca tenha se interessado.
Há quem leu e não gostou.
Há quem leu e se apaixonou.
Há quem apenas busque em mim palavras de consolo.
Há quem só perceba teoria e objetividade.
Mas, tal como um livro, sempre trago algo de bom em mim'.
 

4 comentários:

Fatyly disse...

Subscrevo, mas ao contrário de ti, agora só tenho tido paciência para ler aqui e dois estão a meio para quando a vontade surgir:)

mfc disse...

Que coisa mais bem dita!
Fica-se assim como que enternecido ao ler este poema... sim, que isto é um poema!

Beijinhos.

VdeAlmeida disse...

Somos todos um livro. A maior parte de nós nunca somos lidos da maneira correcta.
E a última frase é uma verdade quase absoluta: um livro traz sempre algo bom consigo :)

AvoGI disse...

nunca tnha pensado desta forma mas sim, é verdade
kis :=)