sexta-feira, julho 29, 2016

O Grilo

(Para os que mostraram interesse no dito grilo)



E lá foi à sua vida!
Conheceu o cativeiro num passeio pela adega (que fazia um grilo numa adega afinal?!?!).
Viajou 350 km até lisboa...
E veio parar a casa aqui da Boop...
Prenda de anos do catraio...
Condição (minha): liberta-lo
Depois de cumprir parte da sua pena de prisão no departamento educativo (escola do catraio), seguiu em visita  de estudo, que é como quem diz foi de férias com os putos, até barrancos.
Onde numa cerimónia de libertação foi literalmente lançado em voo para os campos alentejanos.
(Tenho para mim que já ninguém o suportava que o bicho cantava alto como o catano!!!)

Assim terminou a epopeia conhecida do pobre bicho
De Lamego a Barrancos, 650 km depois, um novo mundo para descobrir. Sem alface, nem gaiolas, nem crianças, nem armários...!

2 comentários:

Fatyly disse...

Fizeste-me sorrir e olha que passei pelo mesmo com as filhas quando catraias, mas não ficou aqui mais que um dia e foi logo libertado.

Gosto do seu canto num campo, mas dentro de casa é levar com um tremendo "tranco":)))

Beijos e bom fim de semana

Carmem Grinheiro disse...

Que felicidade, que felicidade! - ele deve ter ido a cantar, cada vez mais alto.

=)

bjn amg