domingo, fevereiro 26, 2017

A cidade dos Prodigios

O escritor espanhol Eduardo Mendoza foi o vencedor em 2016 do Prémio Cervantes, a mais importante distinção da literatura em língua castelhana.
Nunca tinha lido nada dele
E fiquei curiosa

Acabado agora de ler "A Cidade dos Prodígios" : Em 1887, Onofre Bouvila, um rapaz pobre do campo, chega a Barcelona e obtém o seu primeiro trabalho como distribuidor de panfletos anarquistas entre os operários que trabalham na construção da Exposição Universal do ano seguinte. A partir daqui, o leitor assiste à espetacular ascensão social de Bouvila, que o vai converter, mediante métodos não muito ortodoxos, num dos homens mais ricos do país. Um extraordinário relato da construção da moderna Barcelona, um dos grandes romances espanhóis do século XX.



E como não evocar ESTA MÚSICA?

Barcelona - It was the first time that we met
Barcelona - How can I forget
The moment that you stepped into the room you took my breath away
Barcelona - La musica vibró
Barcelona - Y ella nos unió
And if God willing we will meet again, someday


_____________________________________________________________________________
*Quanto ao Mendoza....
...não amei!
Mas acho que lhe vou dar outra oportunidade - este não é um dos seus livros mais populares!

Sem comentários: