segunda-feira, maio 22, 2017

É mentira!



Não nascemos para nada!
Não temos "direito" a nada!
Organizamo-nos como podemos... enquanto individuo e enquanto espécie!
O "saber" abre-nos mais dúvidas do que certezas.
Lutamos para não nos afundar-mos na angustia de existir.
Com sorte, experimentamos na vida esta coisa da felicidade - conceito abstracto, imensurável, indefinível.

Vive sim!
Mas não confundamos "viver" com "ser feliz".

(hoje estou assim!)

2 comentários:

Fatyly disse...

Xiiii desejo que essa "trovoada" já tenha amainado...e continua/continuemos a viver e ser feliz. Todos os dias temos flashes de felicidade.

Beijocas e saio de fininho para não me bateres

Boop disse...

Na verdade nem é trovoada
:)
Acho que a "felicidade"faz parte do caminho mas não é o caminho, nem a chegada.
Para mim viver bem é ter espaço para todos os afetos, "ser feliz" é apenas uma parte, não maior do que qq outra.
Acho que está sobrevalorizado no mercado!