terça-feira, janeiro 05, 2010

No baú de Sigmund Freud

O Baú De Sigmund Freud
Sérgio Godinho

A religião é uma maneira de explicar tudo
o surrealismo é uma maneira de não explicar nada
entre a prece e a charada
há-de haver uma outra estrada
que eu ainda hei-de
percorrer
(isto disse o doutor Freud )

Não nego que olhar pra dentro
não digo que olhar pró ego
não desmanche o fingimento
não faça ver quem é cego

Mas que trabalho, que canseira (não há maneira)
nos salões do inconsciente
há baús de tantas cores
tanto pó por sobre as dores
tanto dos nossos insides
que nos sai desnaturado

(...)


Mas é aí, no meio dos salões do inconsciente que eu me sinto em casa! E digo-vos - Não é canseira nenhuma! É uma aventura!

(imagem - viagem ao inconsciente de Jarbas Fabiano)

4 comentários:

Saltapocinhas disse...

O Sérgio Godinho é um espectáculo a escrever...
Diz o que todos sentimos, mas em verso! E com música!!

francis disse...

a malta grama é aventuras.

Fatyly disse...

Mas o mal de muitos é acharem que é uma canseira!

Haddock disse...

... e ainda te pagam por bisbilhotares neles???