segunda-feira, janeiro 15, 2018

Há sempre mais um poema de Fernando Pessoa!


Boop - Ontem, um passeio pelo Guincho



“Na véspera de nada
Ninguém me visitou.
Olhei atento a estrada
Durante todo o dia
Mas ninguém vinha ou via,
Ninguém aqui chegou.

Mas talvez não chegar
Queira dizer que há
Outra estrada que achar,
Certa estrada que está,
Como quando da festa
Se esquece quem lá está.”

Fernando Pessoa 
In Poesias Inéditas

4 comentários:

Calíope disse...

A foto é fabulosa e o poema não lhe fica atrás!
Será abusivo dizer que este poema é a história da minha vida?!
(Repara que aqui há um upgrade - antes só via a minha vida escrita em letras de músicas pessegosas. Fernando Pessoa é todo outro nível ;)))
(Estou tentada a imprimi-lo e colá-lo no meu espelho de poemas a ler todos os dias).

Boop disse...

Também achei fantásticos !
O mar ontem.
E o poema.

Fatyly disse...

Uma foto fabulosa e um poema a condizer. Foi bom visitar-te:)

Beijocas e um bom dia

Boop disse...

O mar... é sempre lindo!